Artigos

5 dicas para economizar na reforma do prédio com louvor

5-dicas-para-economizar-na-reforma-do-predio-com-louvor.jpeg
Perspectiva
Escrito por Perspectiva

Manter o condomínio em perfeito estado de conservação não é tarefa simples, mas para que isso não seja sinônimo de estresse e saldo no vermelho, separamos algumas dicas para mostrar como pode ser fácil economizar na reforma do prédio, concluindo o serviço com qualidade, em tempo hábil e sem dor de cabeça.

Afinal, assim como não é nada fácil administrar o uso das vagas de garagem, o barulho dos animais e a situação de condôminos inadimplentes, quando o assunto é garantir o bom funcionamento das instalações da área comum, sabemos que há uma série de requisitos a serem considerados.

Portanto, confira como gastar o menos possível com um trabalho bem feito a seguir:

1. Consultar fornecedores especializados é essencial para economizar na reforma

Você pode até pensar que gastará menos se fizer a reforma “por conta”. Mas lembre-se de que, nesse caso, o barato poderá sair caro, já que um bom projeto é a base para a execução de uma obra de qualidade.

Por isso, para poupar tempo e dinheiro, é essencial contratar profissionais diferenciados para gerir a obra, garantindo um projeto seguro e bem executado. Assim, evita-se retrabalho e gastos extras, resultantes de um desenho mal feito ou de uma escolha inadequada de materiais.

2. Planejar as dimensões da obra evita imprevistos

É muito importante definir o escopo da obra antes de sair quebrando as paredes. É preciso delimitar as áreas que serão afetadas, os tipos de materiais a serem utilizados e se haverá necessidade de rever instalações elétricas e hidráulicas, por exemplo.

Não determinar as tarefas com antecedência pode gerar gastos extras com material e mão de obra, comprometendo o orçamento inicial do projeto. Outra boa dica é fazer um cronograma da reforma e dividir o trabalho em etapas.

3. Estudar o orçamento ajuda a escolher o melhor custo-benefício

Planejar a obra inclui estudar o orçamento disponível, na intenção de tirar proveito do melhor custo-benefício para o projeto. Sabemos que os materiais nobres deixam a obra mais aprimorada, no entanto, existem diversas opções no mercado para substituir certos itens por outros de menor custo, sem abrir mão da funcionalidade e sofisticação.

Por outro lado, é importante lembrar que, às vezes, a qualidade de determinado serviço está condicionada à utilização de material e mão de obra específica.

4. Reutilizar materiais é econômico e sustentável

Além de contribuir com a preservação do meio ambiente, a reutilização de materiais favorece o bolso na hora da reforma. Pense naquele material que sobrou da obra anterior e que agora poderá ser útil, e sempre converse com a equipe responsável pelo serviço para saber quais materiais podem ser reaproveitados entre uma mudança e outra.

Muitas vezes, canos e revestimentos retirados de determinado ambiente podem ser reutilizados em demais áreas do prédio, por exemplo.

5. Pesquisar os preços é fundamental e facilita na hora de negociar as despesas

Coloque tudo na ponta do lápis. Parece óbvio, mas comprar todos os materiais de uma só vez na primeira loja que encontramos nunca é o melhor caminho. Pesquisar os preços, solicitando orçamentos em diversas empresas, facilita na economia.

É preciso estar atento às promoções, se há diferença de preço conforme a quantidade de material necessário e, claro, conferir as melhores formas de pagamento. Dependendo do porte da obra, há fornecedores com ótimas opções de parcelamento e outros que oferecem descontos significativos caso você pague à vista.

Seguindo essas dicas, contando com uma boa equipe e tendo em mente as dimensões e o padrão da obra a ser feita, você alivia seu bolso e evita dor de cabeça. Lembre-se também de que, quando o assunto é economia, é pré-requisito estar atento ao custo global do projeto, mesmo que em valores aproximados.

Além de definir o orçamento, isso ajuda a decidir se o serviço será feito de uma só vez ou se é mais viável priorizar determinadas áreas. Um projeto bem planejado e gerido por uma equipe especializada é o segredo para economizar na reforma, evitar atrasos e manter a qualidade nos serviços do prédio!

Gostou das nossas dicas para economizar na reforma do prédio? Deixe um comentário!

Sobre o autor

Perspectiva

Perspectiva

Uma empresa nova no mercado que já nasce com 15 anos de experiência, fruto das atividades anteriores de seus sócios no mesmo ramo.

Deixar comentário.

Share This
Navegação