Artigos

Guia completo para gestão e boa convivência em condomínios

gestaodecondominio1
Perspectiva
Escrito por Perspectiva

Administrar um condomínio não é tarefa simples. A quantidade de responsabilidades, funções, preocupações e pessoas a quem se deve prestar satisfações costumam assustar quem desconhece a natureza dessa atividade.
A lista “básica” dos afazeres desdobra-se em contas a pagar, contas a receber, reuniões a convocar, atas para redigir, fiscalizar e auxiliar funcionários, executar e fiscalizar obras e reformas, garantir a segurança, dialogar com os condôminos, ouvir sugestões e reclamações, calcular impostos, e pagar impostos, fazer balanços financeiros, representar os interesses dos condôminos nos assuntos que importam ao condomínio, e por aí vai.

E isso é apenas
para garantir o condomínio em funcionamento e livre de possíveis problemas com os órgãos
de fiscalização — que, aliás, são muitos!

Nesse cenário de tantas responsabilidades, é cada vez mais comum aos condomínios recorrerem a empresas especializadas em administração. De forma que cabe ao síndico apenas a fiscalização dos serviços prestados pela administradora (o que também não é fácil!). Independentemente da situação — com ou sem uma empresa administradora para auxiliar o gerenciamento —, há uma série de práticas que os síndicos podem adotar que contribuem para uma gestão otimizada de um condomínio. 

Caso você não tenha aspirações de assumir o posto de síndico, mas sente que, enquanto morador, deve se preocupar com a administração do imóvel que também te pertence, este conteúdo também é pra você!

BAIXE AGORA O NOSSO EBOOK!

 

Sobre o autor

Perspectiva

Perspectiva

Uma empresa nova no mercado que já nasce com 15 anos de experiência, fruto das atividades anteriores de seus sócios no mesmo ramo.

Deixar comentário.

Share This
Navegação